Há exemplos de construções em madeira no mundo todo. No entanto, a gente fez uma pesquisa completa na internet e em sites internacionais para encontrar 4 respostas que vão surpreender você. Estamos falando de um Hotel com 89 quartos, de um Terminal de Aeroporto na Nova Zelândia e muito mais. Leia o texto e descubra.

As outras construções que vamos citar aqui são: uma escola que começou a ter resultados incríveis no aprendizado dos alunos após usar a madeira durante a construção e até mesmo um arranha-céu que é o maior da América ao ser feito com madeira. Ele tem 12 andares.

Bom, você ficou curioso, não ficou? São projetos que antes só ficavam no papel e agora são realidade em cada canto do planeta. Sendo assim, vamos aos detalhes sobre cada uma dessas construções.

1 – Escola

A primeira coisa a considerarmos antes de qualquer coisa é que muitos pesquisadores falam que o uso adequado de materiais e superfícies pode impactar positivamente no bem-estar e no aprendizado dos alunos que estão na escola.

Foto: (reprodução/internet)

Isso inclui temas como o design de ambientes. Por exemplo, a acústica ruim poderia dificultar o processo de aprendizagem, já que piora a comunicação entre professor e aluno e entre os alunos também. A qualidade do ar também tem o seu peso de importância nisso.

Sendo assim, seja na hora de construir uma escola ou fazer a reforma dela, pensar no material que vai ser usado é importante, seja pela estética, mas principalmente pelos fatores psicológicos e educacionais.

Após essa introdução tão incrível, a gente só poderia falar de um exemplo, que talvez seja o melhor exemplo de todos quando se fala em construção de escolas em madeira: a Escola Primária Samuel Brighouse, no Canadá.

Entre tantos diferenciais, a escola tem ventilação natural, captura de luz natural, esquadrias de vidro, energia geotérmica, aquecimento de água pelo sol, telhados verdes e, principalmente, faz o uso de materiais que fazem o sequestro de carbono, como é o caso da madeira.

A matéria falando dos benefícios da madeira na construção de escolas está no Mais Floresta.

2 – Arranha-céu

O arranha-céu é um prédio bem alto. E sim, estamos falando de um prédio bem alto que é de madeira, viu. Ele fica em Portland, na região do Oregon, nos Estados Unidos. O financiamento foi de 1,5 milhão de dólares e se deu pelo fato de ser um edifício de madeira inovador.

Foto: (reprodução/internet)

O nome dele, para quem quiser saber mais, é Framework. E a construção se dará a partir de produtos da madeira, sendo de origem doméstica ou da engenharia da madeira. Durante toda a construção, ele será focado em materiais de baixo carbono, como no telhado verde.

O edifício vai ter 12 andares, inclusive com a parte térrea. Depois, a divisão se dá por 5 andares de escritórios e mais 5 andares de residências. Há ainda uma mistura de estúdio, que possui dois quartos. O mais legal é que metade se enquadrar em “habitações populares”.

Falando especificamente da madeira, saiba que o principal material que será usado é o da lâmina de madeira, que é aquele projetado para resistir a incêndios e terremotos. As autoridades locais falam no “primeiro prédio alto de madeira do país”.

Por fim, é bacana saber que, como está no projeto, a estrutura toda deverá usar mais de 1.800 mil toneladas de compensações sem emissões de dióxido de carbono. Ou seja, isso é o mesmo que tirar 3489 carros das estradas por um ano. Incrível, não? A notícia está no Mais Floresta.

3 – Hotel

O próximo dos exemplos de construções em madeira no mundo é um hotel. Aliás, o primeiro hotel de madeira em massa da América do Norte. E adivinha só onde ele foi construído? No bairro South Congress de Austin, na região do Texas, nos Estados Unidos.

Foto: (reprodução/internet)

Ele recebeu o nome de Hotel Magdalena e vai ter 89 quartos, área de música ao vivo, janelas para os pátios, terraços ou varandas, além de permitir a luz natural e a ventilação natural por toda área do edifício. O hotel todo é formado por 4 novos edifícios montados em peças de madeira.

As taxas para se hospedar nesse lugar incrível começam em 275 dólares.

A explicação dos idealizadores do projeto passa pela preocupação com a economia de recursos naturais e com a construção de um edifício que diminuísse o consumo de energia, causando menos impacto ambiental possível. Veja um trecho do que eles disseram:

“A estrutura de madeira maciça surgiu como solução construtiva mais adaptada às demandas do nosso cliente. Por isso, escolhemos o sistema pré-fabricado, de fácil montagem e com um sistema estrutural de baixo nível de carbono”. A notícia foi destaque no Mais Floresta.

4 – Terminal de Aeroporto

E para concluir o último exemplo é sobre um novo Terminal de Aeroporto que foi construído em madeira. Estamos falando sobre o Terminal do Aeroporto Nelson, na Nova Zelândia, que conecta a paisagem local com o uso de materiais ecológicos da região.

Foto: (reprodução/internet)

Essa construção foi inaugurada em 2019, sendo que tem 5.300 metros quadrados com vista para a pista em um cenário de deixar qualquer um com o queixo caído. O lugar novo deu lugar às inadequações do terminal, que foi construído em 1975 inicialmente e não estava em conformidade.

Assim, na nova proposta os arquitetos adicionaram ventilação natural a partir de uma estrutura maciça de madeira. Aliás, sobre a estrutura ela é sísmica e resiliente, sem contar que é totalmente sustentável. Ele combina placas e vigas dobradas, com alto nível de durabilidade.

Conforme os projetistas, o uso da madeira se tornou essencial desde o briefing inicial do projeto. Agora, com o dobro do tamanho da construção antiga, o novo terminal oferece até áreas de assentos expandidos, com salas para as companhias aéreas e espaço de varejo.

No Mais Floresta tem outros detalhes.

E no Brasil, tem exemplos de construções em madeira?

É claro que tem. No entanto, não falaremos de nenhum desses exemplos aqui nesse texto. Inclusive, o que vamos deixar é um convite para vocês participarem do Congresso My Wood Home. Lá sim vamos ter diversos exemplos de construção em madeira no Brasil.

Por exemplo, o Euclésio Manoel Finatti vai falar das “oportunidades para a construção com madeira”. Depois, tem o José Márcio, da Tecverde, que vai contar sobre uma experiência no “Minha Casa Minha Vida”. Ainda vamos ter a experiência da Amata Brasil com a “construção de edifícios em madeira”.

E tem ainda a palestra do Martin Sanchez Acosta, que é da Argentina e vai contar sobre uma “experiência com o uso da madeira roliça de eucalipto na construção”. Saiba tudo sobre a programação do evento e o cronograma de palestras no site (http://mywoodhome.com.br/programacao/). Aproveite e já faça sua inscrição.