Uma informação muito importante para você que vai ler essa matéria é: a Finlândia tem hoje ¾ de toda a sua área coberta por florestas. Agora, a novidade, que era algo previsto, é que está nascendo na capital a “Wood City”. Isso mesmo: uma cidade de madeira em Helsinque. Leia mais e entenda como tudo isso está acontecendo.

A gente não precisa ir para trás para entender a relação da Finlândia com as florestas. Inclusive, esse país é um dos pioneiros no uso da madeira na construção civil. Para muita gente, foram eles que disseram que esse seria um dos materiais mais versáteis do mundo.

Hoje, se você passar por lá, com certeza, vai notar que há torres altíssimas e instalações olímpicas que foram feitas a partir da estrutura da madeira. Mais do que isso, há novas instalações, com novos desenhos, mostrando que a tendência continua a mesma: a madeira na construção civil.

O que muda é que agora, para construir essa cidade toda em madeira, a cidade está focada em algumas novas tecnologias. Até mesmo porque a lei passou a permitir isso: a possível de usar estrutura de madeira para a construção de prédios de vários andares.

A madeira como material de construção

No site Mais Floresta, a gente encontra uma matéria que cita a explicação para que os prédios de madeira fossem tão bem-vistos pelos arquitetos e engenheiros da Finlândia. Assim, a melhor tradução diz que é por causa do “uso da madeira como material de construção”.

A estratégia de criar prédios e empreendimentos cada vez mais densos e altos faz todo sentido quando se tem como plano a construção de cidades mais verdes. Veja o que uma engenheira de projetos disse sobre isso:

“Com a madeira como material de construção, todo ciclo de vida se torna mais ecológico”.

Na matéria citada, a gente mencionou especialmente um empreendimento de madeira que é considerado um dos prédios mais altos do mundo. Ele tem 103 apartamentos, com fundações de concreto e o restante é todo de madeira. A obra tem participação do grupo Metsa.

Só que o texto de hoje é para citar uma cidade de madeira e não um único empreendimento. Por isso, a partir do próximo tópico, você vai entender mais sobre a Wood City da Finlândia.

A Wood City

Ficou fácil ver que a madeira que vem das florestas tem um casamento perfeito com a Finlândia, certo? Agora, saiba que a alta demanda por apartamentos e locais de trabalho em Helsinque fez surgir a chamada “Cidade de Madeira”. Isso acontecerá em um distrito de lá.

O bairro reformado de Jatkasaari abriga mais de 15 mil residentes e vai criar mais 6 mil novos empregos. O design será de todo sustentável. E as primeiras estruturas foram os apartamentos gêmeos acessíveis para a Produção Habitacional de Helsinque.

Agora, o próximo passo é concluir um novo bloco de escritório, que será ocupado pela empresa de jogos Supercell (muito famosa em smartphones). Depois, vai vir um hotel de madeira. E esses edifícios devem ter até 8 andares, com madeira maciça e pátios verdes.

As duas maiores empresas que estão por trás dos projetos são: SRV e a Stora Enso. E o principal material que seria usado será a madeira laminada (mais resistente do que o aço e mais leve do que o concreto).

Vai pegar fogo de tudo de novo?

Se você conhece um pouco da história do país, sabe que a gente tem alguns acontecimentos infelizes, que citam os grandes incêndios em áreas da cidade, durante o século 400 até os anos de 1900. No entanto, os criadores da Wood City garantem que a história não vai se repetir.

Afinal, a madeira usada não pega fogo. O motivo é a estrutura do material. A madeira laminada é mais porosa do que outros tipos de madeira. Assim, as várias camadas acabam sendo muito mais resistentes ao fogo e até mesmo ao som.

Até mesmo porque essa cidade de madeira vai se juntar a outros projetos em madeira que já existem na cidade e a torna única, como é o caso da Biblioteca Central de Helsinque e o Farol Joensuu. Há um vídeo institucional que conta mais sobre o projeto da Wood City.

Outras cidades de madeira na Finlândia

Agora, nós temos uma curiosidade sobre essa cidade de madeira em Helsinque: ela não é a única. Na verdade, se você gosta de ver séries da Netflix, já deve ter visto uma das outras cidades de madeira que existem lá e que sempre se torna pano de fundo para as gravações.

Todas essas regiões são acessíveis a Helsinque. Elas são: Wooden Kapyla, Wooden Vallila e Wooden Kumpula. Inclusive, dá para fazer uma visita até elas, se você estiver na capital do país, de bonde ou de ônibus.

No caso de Vallila dá para considerar que as casas foram projetadas no estilo clássico nórdico. Assim, são artísticas e se encaixam pelas ruas. Além das casas, você encontrará depósitos, saunas, pátios e mais um monte de estrutura e estabelecimento feito com esse material.

Em Kumpula, as casas são históricas e se entrelaçam com a floresta local.

Será que a moda pega no Brasil?

Não apenas pega como já pegou. Hoje em dia, a gente tem visto a crescente importância do assunto por aqui. Inclusive, dá até para falar sobre a construção de habitações populares com o uso da madeira, nos projetos Wood Frame.

Temos também várias experiências na construção de edifícios em madeira, com a madeira engenheirada. E, obviamente, tudo isso passa pelo processamento da madeira para a construção. Inclusive, esses são alguns dos temas do Congresso My Wood Home.

Nesse evento, que acontecerá em maio, o participante terá direito a assistir às palestras de casa, pela internet. Assim, vai ver como aconteceram as experiências mais atuais com a construção de madeira por aqui. Serão 3 dias intensos de informações e exemplos.

Para saber como o evento vai funcionar, acesse a página do My Wood Home.