Se você gosta de admirar as construções de madeira, com certeza, vai se encantar com a Finlândia. Entre os países escandinavos, esse é o que mais possui essas obras de artes. Inclusive, até mais do que as wooden towns norte-americanos. Leia o texto e saiba mais dessas construções em madeira.

Antes de começar com a listagem das cidades de madeira finlandesas, saiba que o projeto Modernas Cidades de Madeira é um programa nacional que surgiu em 1997 e incentivou a criação de vários ambientes e várias regiões pensando no desenvolvimento de casas sustentáveis. Em partes, o resultado poderá ser visto nos exemplos abaixo.

1 – Vallila

Fonte: reproduzido do Google Imagess

A primeira das cidades de madeira na Finlândia que você deveria conhecer se um dia for para lá é Vallila. E o motivo disso é único: as casas e os apartamentos são de madeira. Só que não estamos falando de qualquer estilo, viu.

Tudo foi pensado no clássico nórdico. Logo, a arquitetura se encaixa e se abraça. Curiosamente, há uma mistura de pontos antigos com construções. Assim, é possível você se instalar em um hotel que é recente e ter ao lado um depósito de séculos passados.

Para quem gosta de fazer aquelas caminhadas matinais, saiba que é interessante levar o celular. Isso porque você vai encontrar uma fotografia mais linda do que a outra, que pode ir direto para o seu Instagram ou mesmo para um porta-retratos.

Por último, se você gosta de arte, vale a pena passar no Pikku Valilla, que é uma espécie de pub local que tem um ambiente antigo misturado com a arte moderna.

2 – Kumpula

Fonte: reproduzido do Google Imagess

A próxima opção de destino na Finlândia é a vila de Kumpula. A principal atração de lá está nas casas históricas que se entrelaçam com as florestas locais. Inclusive, se você for para lá durante o verão, saiba que vai ter uma vantagem a mais.

Isso porque dá para tomar sol com os habitantes locais nos gramados verdes de praças, parques e até mesmo nos jardins das casas. Tem até uma área de construção de edifícios de madeira que foi pensada para divertir os habitantes locais.

Mas, se você quer agito, então, o ponto turístico mais procurado deve ser a piscina pública ao ar livre. Ela foi feita para o treinamento olímpico da década de 1950.

3 – Porvoo Velho

Fonte: reproduzido do Google Imagess

Se você quer dar um passo atrás e conhecer um mundo que ficou em outros séculos, Porvoo Velho é a sua pedida ideal. A cidade existe mesmo, só que é toda histórica, com casas de madeira de muitos anos atrás. E tem ainda paralelepípedos nas ruas e lotes irregulares da Idade Média.

E o mais legal é que tem aquelas casinhas de madeira construídas bem na beira de rios, sabe? É incrivelmente lindo de ver. Outra vantagem é que esse lugar está a menos de 50 quilômetros de Helsinque, sendo de fácil acesso e muito agradável para passar os últimos dias de viagem. Tem ótimas cafeterias, inclusive.

4 – Kokkola

Fonte: reproduzido do Google Imagess

Chamada de Cidade Velha de Neristan, Kokkola nada mais é do que uma mistura de casas de madeira históricas do século 18 com lojas e estabelecimentos reformulados para a modernidade. Então, você vai encontrar boutiques, cafés e até mesmo pousadas.

Inclusive, pode ser que você já tenha ouvido falar de Neristan. Afinal, o lugar é berço de K. H. Renlund Museum. Ou seja, uma antiga casa que foi preservada desde 1800 e que comportou a mesma família por 4 gerações consecutivas. É um museu e tanto, hein.

5 – Rauma Velha

Fonte: reproduzido do Google Imagess

Seguindo a nossa lista de cidades de madeira na Finlândia que são verdadeiros cenários cinematográficos, agora a gente tem Rauma. Então, considere esses pontos aqui como principais características de lá: “pitoresca”, “portuária”, “medieval”.

Gostou? É praticamente um filme clássico por si só, não acha? Saiba que a cidade tem tudo isso e está há pouco mais de 250 quilômetros da capital do país. As ruas são em serpentinas e as casas são do século 18, também em madeira e também em estilo nórdico.

Mas, a grande curiosidade é o fato de que é um dos poucos lugares da Finlândia que estão listados como Patrimônio Mundial da Unesco. Old Rauma, como é chamado o lugar, é ótimo para o viajante que gosta de história.

6 – Reposaari

Fonte: reproduzido do Google Imagess

Agora nós temos uma aldeia. Ou melhor, uma pequena ilha de casas clássicas. Assim é Reposaari, que tem na entrada da cidade um porto, da costa oeste de Pori. O lugar é importante desde os tempos medievais.

Hoje, a ilha é considerada um destino muito procurado por quem quer entender mais das fortalezas da Segunda Guerra Mundial. Ah, biólogos e gente da área também gostam de lá devido a flora exótica, que foi trazida por navios que chegaram lá das Américas.

7 – Turku

Fonte: reproduzido do Google Imagess

Além de ser uma cidade de madeira, também, Turku é a cidade mais antiga da Finlândia. Assim, é um cartão-postal para quem gosta de bairros de madeira antigos. Fica no distrito de Portsa e mantém a tradição das ruas em paralelepípedos, estreitas, além de ficar próxima ao Rio Aura.

Turku também é uma cidade portuária e pode ser ponto de descanso para quem vai para Estocolmo. Rica em história, a cidade é cenário artístico de filmes também.

8 – Pikisaari

Fonte: reproduzido do Google Imagess

O lugar foi importante durante o século 17 por um motivo único: a base para a construção de barcos. Isso mesmo, se você viu Vikings (Netflix), sabe do que estamos falando, né? Mas, o fato é que a ilha tem outras curiosidades.

Primeiro que é uma área industrial servida para os visitantes que atravessam o rio na Praça do Mercado. Depois, que possui o prédio de madeira mais antigo de Oulu. Esse prédio, hoje, é um museu famoso na região. Aliás, a cidade é formada, em sua maioria, por artesãos.

9 – Pispala de Tampere

Fonte: reproduzido do Google Imagess

Para fechar a nossa lista de cidades de madeira na Finlândia temos agora Pispala. É uma cidade arquitetônica, com pequenas casas de madeira conservadas. Ela fica na encosta de uma antiga crista glacial. Hoje, aliás, se tornou a casa de muitos artistas famosos.

Assim, possui residências de luxo. Outra coisa é que um monumento foi erguido em homenagem ao poeta finlandês Lauri Viita. E na mesma região tem uma Torre que atrai turistas que querem ter uma visão panorâmica da região.

Quer entender mais sobre as construções de madeira e suas tendências?

Para quem entrou nesse artigo como curioso, saiba que o Brasil é visto hoje como um país dos mais propícios a começar a apostar e investir na construção que usa madeira como estrutura. Há diversas técnicas que podem ser usadas para isso, aliás.

Então, considere que nos próximos meses haverá um evento online, que vai durar 3 dias, que focará nessa exposição temática. Assim, os participantes terão acesso a apresentação de estandes virtuais e até mesmo experiências com a construção de madeira.

O My Wood Home vai acontecer de 19 a 21 de maio e terá a participação de grandes empresas e especialistas do setor. Inclusive, com participações internacionais. Você pode saber tudo no site do evento.