No ano de 2019, o prefeito de Nova Iorque Bill de Blasio anunciou que seria proibida a construção de novos edifícios totalmente envidraçados. Mas, até hoje o assunto causa polêmica ao redor do mundo. Sendo assim, o que queremos é trazer uma reflexão: o que você, enquanto profissional da construção civil, faria nesse caso? Leia o artigo para saber mais.

Para contextualizar a notícia que trouxemos aqui, vamos considerar que o projeto de lei criado pelo prefeito local segue uma série de regras e esforços para reduzir as emissões de gases do efeito estufa. A meta de redução era de 30% em toda a cidade.

Além da construção de edifícios mais sustentáveis, as medidas também envolviam o uso de energia limpa, a reciclagem obrigatória dos resíduos orgânicos e até mesmo a redução da compra de plásticos ou carne processada. Tudo isso veio junto com a Lei de Mobilização Climática, que tem a ver com o Acordo Climático de Paris.

Agora, apesar de toda essa bela introdução, você que é profissional da construção civil pode estar se perguntando: o que isso tem a ver comigo? Oras, tem tudo a ver. Afinal de contas, para continuar falando desse exemplo americano, saiba que muitos arquitetos e engenheiros de lá começaram a pensar em telhados verdes.

Aqui no Brasil, uma ideia poderia ser a de pensar, de modo muito mais focado, no uso da madeira na construção de arranha-céus. Portanto, o profissional que está atento ao mercado e notícias como essa pode ter essa visão “fora da caixa” que o nosso país tanto precisa hoje em dia. Sem demorar muito, abaixo, vamos falar porque usar a madeira faz tanto sentido.

Os benefícios da construção em madeira

Se você ainda não está convencido de que esse texto pode ser ótimo para você, saiba que mesmo que os benefícios da construção em madeira sejam excelentes, essa atividade ainda não é tão comum aqui no Brasil. Logo, no mínimo, a gente tem uma oportunidade de mercado. E, obviamente, quem ver isso primeiro tem mais chances de ir ao encontro do sucesso.

De todo modo, é importante saber que a gente pode pensar na medida que o prefeito nova iorquino tomou pensando na redução das emissões de gases poluentes. Então, pronto, a gente já tem aqui uma ótima vantagem para a madeira, certo? Ela vem de floresta plantada e você sabe o que significa a fotossíntese, né?

Assim, o que temos é um material totalmente renovável e natural e sustentável. Além da redução nas emissões de gases, a madeira ainda armazena carbono no que é chamado na linguagem mais técnica de sequestro de carbono. Sem contar que ela resiste ao fogo e, incrivelmente, tem a mesma força de outros materiais, como aço ou concreto.

O que, você ainda não sabia disso? Então, fique sabendo que um dos tipos de madeira do pinus, chamado de Madeira Laminada Cruzada, tem a mesma resistência estrutural do concreto armado, com a vantagem de ser bem mais flexível, né. Assim, parece que não há dúvidas de que a madeira é um dos materiais alternativos ao vidro, certo?

Você pode gostar dessa matéria: “Saiba por que a madeira na construção civil é tendência“.

O uso da madeira em construções no Brasil

Vamos supor que você esteja aí torcendo o nariz para o assunto da madeira na construção. Afinal, mesmo que vimos a tendência da construção civil no mundo é usar materiais sustentáveis e que existem ótimos benefícios pensando na madeira de pinus, por exemplo, talvez você esteja pensando que aqui no Brasil esse tipo de construção não dá certo.

Então, aqui vai ficar não apenas um alerta para você como também uma dica que pode valer muito para a sua carreira, independente da sua profissão. Quando se fala em tendência leve em conta que é algo novo, que nem todo mundo tem, pensa ou usa. Mas, ainda. Ou seja, são conceitos e ideias que estão, aos poucos, sendo implementadas.

Ficou confuso? Então, vamos trazer o tema para a prática. No ano de 2017 o Brasil lançou a primeira construção de madeira da América Latina. Para quem não se lembra, saiba que era uma moradia de quase 800 alunos da Fundação Bradesco na zona rural de Formoso do Araguaia, no Tocantins.

Na época, um dos idealizadores chegou a afirmar que “foi a madeira que viabilizou a realização de um projeto tão grande e em um lugar tão remoto do Brasil”. Em outro momento, a gente cita um pouco mais dessa notícia, mas não agora. Afinal, o foco foi apenas mostrar que o Brasil tem potencial para ser pioneiro na construção com o uso de madeiras.

E só para concluir o tópico, veja esse título aqui, de uma matéria bem mais recente, do fim do ano passado, que prova que o Brasil está, aos poucos, investindo cada vez mais nisso: “Brasil terá mais uma fábrica de madeira engenheirada, usada na construção de prédios”, pois já temos a Ekomposit e a Crosslam.

E agora, engenheiros e arquitetos?

Para concluir o texto a gente vai voltar à pergunta inicial, que está lá no início do artigo: e agora, profissionais da construção civil, o que vocês vão fazer? A gente citou aqui diversas notícias que provam que há uma exigência do mercado e do mundo para o uso de materiais mais sustentáveis na construção de casas, apartamentos, edifícios.

Por outro lado, sabemos também que são profissionais como vocês que devem e podem pensar sobre todo projeto que será lançado e construído. Assim, nós citamos um único exemplo, que talvez seja o melhor exemplo, que é sobre a madeira do pinus ou a madeira do eucalipto ou a madeira que pode ser usada na construção.

Assim, parece bastante óbvio que é um mercado promissor, que já deu os seus primeiros passos, só que ainda não está no conhecimento de todos os profissionais. Se você busca por esse aprendizado tão atual, moderno e real, a gente tem uma dica muito rápida.

Essa dica é sobre conhecer mais de um congresso que vai acontecer em maio deste ano. Ele vai contar com a presença e participação de muita gente que já entrou nesse mercado de madeira para a construção, o que quer dizer que há boas experiências e cases que serão apresentados nos dias do evento.

Sem demorar mais, conheça o My Wood Home. E para quem está curioso, saiba que serão muitos temas abordados, como “woodframe”, “o futuro da construção civil”, “arquitetura em madeira”, “engenharia em madeira”, “madeira roliça de eucalipto”, construção sustentável”, “uso da madeira nativa”, “norma técnica da madeira tratada” e muito mais.

Você não vai perder a chance de se atualizar e ganhar essa experiência, vai? Garanta já a sua inscrição: www.mywoodhome.com.br.